Sobre Nós

A Trem Azul é uma empresa estabelecida em 2001 com quatro ramos de actividade complementares:

A Trem Azul Jazz Store, a única loja especializada em Jazz do País, CD’s, DVD’s, livros e merchandising. Abriu em Outubro de 2004.

A Trem Azul Distribuição, foi o negócio mãe de entre as multiplas actividades da empresa. Ainda hoje a Trem Azul representa em Portugal mais de 10 catalogos em regime de exclusividade.

A Trem Azul Concertos, começou a promover concertos mesmo antes da fundação da empresa, organizando o festival LX Meskla em cooperação com a Egeac trazendo ao Tivoli em 2000 nomes como Lee Perry, Slang ou Akosh S. Unit. No ano seguinte, 2001, organizou a parte musical do Salão Lisboa da Banda desenhada e ilustração (Carlos Zíngaro, Belle Chase Hotel, CIMP Colective, Rolana Beat…) e parte do programa das Festas de Lisboa (Outras Músicas no Cais do Gáz) trazendo a público nomes como Mahotella Queens, The Gladiators, Klezmatics, Dixie Peppers, Rokia Traoré e Istanbul Oriental Ensemble.

Daí para a frente a Trem Azul Concertos tem-se desmultiplicado em colaborações com as maiores salas do país, CCB (com a produção da séria Jazz ás Quintas e ainda por numerosos concertos incluídos na programação de “Os Dias da Música”), Culturgest (Bernardo Sassetti, João Paulo), CAE Portalegre (Pandelis Karayorgis, Scott Fields, Fredrik Nordström), CCC Caldas da Raínha (Michael Attias Twines of Colesion, Ravish Momin’s Trio Tarana, Júlio Resende Quartet, 4 Corners) , Teatro Municipal da Guarda (Elliott Sharp), Casa da Música (Herb Robertson NY Allstars, Ravish Momin’s Trio Tarana, T.E.C.K., 4 Corners, VGO, Paulo Curado “Lugar da Desordem”, Júlio Resende Quartet, Michael Attias Twines of Colesion, etc), Teatro Lethes em Faro (Will Holshouser trio, T.E.C.K.), Teatro Micaelense em Ponta Delgada (Russ Lossing, Sten Sandell), Teatro Cine Torres Vedras (Russ Lossing, African Reunion Trio), etc.

A Clean Feed, editora dedicada exclusivamente ao Jazz e que começou a editar no final de 2001 tendo já mais de 140 títulos no activo, sendo considerada uma das mais importantes a nível mundial (considerada melhor editora do ano pela All About Jazz em 2005 e 2007, e recebendo uma nomeação pela IAJE em 2007).

O objectivo da Clean Feed em termos editoriais é documentar o melhor possível o Jazz e a Música Improvisada da actualidade usando todo o mundo como seu centro operacional, aproveitando as facilidades de comunicação e os conhecimentos vastos da sua equipa.

Dos nomes que compôe o seu catalogo saltam á vista os de Bernardo Sassetti, Mário Llaginha, Carlos Barretto, Ken Vandermark, Will Holshouser, Gerry Hemingway, Ray Anderson, Elliott Sharp, Zé Eduardo, Carlos Zíngaro, Adam Lane, Dennis González, Joe Morris, Herb Robertson, Michael Attias, Charles Gayle, Steve Lehman, Paal Nilssen-Love, Barre Phillips, Tony Malaby, entre outros.

A Clean Feed tem distribuidores em vários países como Japão, EUA, Alemanha, Inglaterra, Noruega, Espanha, Italia, Polonia, Belgica, Suiça, Austria e França.

Made in Lisbon

 

 

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

%d bloggers like this: